Litoral paranaense recebe mais de dois milhões de pessoas no Réveillon 2022

Litoral paranaense recebe mais de dois milhões de pessoas no Réveillon 2022

Um público formado por mais de dois milhões de pessoas esteve nas praias do Litoral do Paraná na virada do ano. A atuação da Polícia Militar, em ações preventivas,  garantiu mais segurança aos veranistas e moradores. Nos sete municípios da região, 260 ocorrências foram atendidas e 12 pessoas encaminhadas a delegacias, além de uma arma de fogo  apreendida.

Também houve a lavratura de 38 Termos Circunstanciados e de 308 notificações de infração de trânsito. Os números compreendem o período entre a noite de sexta-feira (31) e a madrugada deste sábado (01/01).

“O público deste Réveillon superou inclusive o de 2019 e, sendo assim, nossa avaliação é que o Ano Novo foi relativamente tranqüilo.  Consideramos que elas tiveram uma relativa conscientização e estão mais cuidadosas. Percebemos ainda que a maioria foi à orla somente para passar a virada e depois da queima de fogos grande parte foi para casa, contribuindo para um clima de ordem e tranqüilidade”,  disse o subcomandante-Geral da PM, coronel Rui Noé Barroso.

O relatório do setor de planejamento da PM pelo Verão Paraná Viva a Vida 2021/2022 aponta que as equipes policiais militares atenderam cinco situações de furtos, 13 de perturbação do sossego, 26 flagrantes de uso de drogas, além de oito atendimentos de violência doméstica. A PM também cumpriu 36 mandados de prisão durante o Réveillon.

O efetivo foi distribuído  em toda a orla, com módulos móveis em pontos estratégicos e reforçou o policiamento com viaturas, motocicletas e equipes hipomóveis, principalmente nas áreas com maior concentração de público. A Corporação aplicou um drone em Matinhos para auxiliar na coordenação do policiamento e acompanhar a movimentação do público que estava na praia.

“Foi tranquilo se imaginarmos que Matinhos e Guaratuba estavam com público maior que nos últimos anos. Não tivemos ocorrências de vulto e não foi preciso usar policiamento de choque. Esperávamos um grande número de ocorrências, mas não tivemos nada grave”, explicou o Comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), tenente-coronel Renato Luiz Rodrigues Júnior.

PREVENÇÃO – Mais de 1,7 mil pessoas foram abordadas e 615 veículos vistoriados pelos policiais militares em todo o Litoral. O planejamento da Polícia Militar para o Ano Novo contou ainda com as ações de polícia comunitária. Somente no período do Réveillon, 1.475 pulseiras de identificação foram entregues para crianças nas cidades de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná. Além dessa atividade, as equipes policiais prestaram 3.231 orientações de situações diversas às pessoas.

MATINHOS –  Mais de 600 mil pessoas passaram a virada de ano nas praias de Matinhos e aproveitaram a grande festa com três trios elétricos na Praia Brava, em Caiobá e no balneário Flórida. As equipes da PM atenderam 121 ocorrências, fizeram nove encaminhamentos e apreenderam uma arma de fogo neste município. Além disso, 333 pulseiras de identificação foram entregues às crianças.

Houve duas situações de destaque durante a operação da PM na cidade. A primeira ocorreu por volta de 21h30 de sexta-feira, quando uma equipe foi acionada para atender um caso de abandono de incapaz. Um menino, de 10 anos, foi amparado pelos policiais militares após ser constatado que o pai estava embriagado e a criança com fome. O menino relatou que o pai estava forçando-o a ficar na casa da mãe que seria usuária de drogas. A criança ficou aos cuidados do Conselho Tutelar e o homem acabou encaminhado à delegacia.

Já na madrugada de sábado, os policiais militares que estavam no policiamento do Réveillon próximo à avenida Londrina foram chamados por conta de uma briga de casal. Ao abordar o rapaz, a equipe encontrou um revólver, de calibre 38, com quatro munições intactas e duas deflagradas. Diante do flagrante de porte ilegal de arma, ele foi preso e entregue à delegacia.

GUARATUBA – A Polícia Militar reforçou o policiamento ostensivo e preventivo em toda a cidade e acompanhou os festejos de cerca de 1 milhão de pessoas que estiveram na praia neste Réveillon e apreciaram a queima de fogos que ocorreu no Morro do Cristo e em Coroados. Os trabalhos da PM possibilitaram uma virada de ano sem ocorrências graves. O relatório da Corporação aponta que 36 ocorrências foram atendidas, duas pessoas encaminhadas e 735 pulseiras de identificação entregues às crianças.

PONTAL DO PARANÁ – A chegada de 2022 em Pontal do Paraná foi marcante para as cerca de 400 mil pessoas que acompanharam a queima de fogos e as festas nos balneários de Praia de Leste, Santa Terezinha, Ipanema, Shangrilá e Pontal do Sul. A atuação da PM durante a virada de ano resultou em 46 ocorrências atendidas e uma prisão, além de 407 pulseirinhas de identificação entregues.

Em Paranaguá, Morretes, Antonina e Ilha do Mel, cerca de 20 mil pessoas participaram das festas para a chegada de 2022. Já em Guaraqueçaba, o público foi de cerca de 3 mil pessoas. A PM também esteve presente nestes municípios com reforço de policiamento ostensivo nos pontos com maior concentração de pessoas.