Prefeituras do litoral do Piauí cancelam festas de Réveillon devido a pandemia

Litoral do Piauí - Foto Secom Piauí - Sortimentos.com
Prefeituras do litoral do Piauí cancelam festas de Réveillon

Prefeituras do litoral do Piauí cancelam festas de Réveillon devido a pandemia

Os municípios de Cajueiro da Praia, Luís Correia e Parnaíba, no litoral do Piauí, destinos mais procurados pelos turistas no fim de ano. Entretanto, com a pandemia da Covid-19, as prefeituras destas cidades decidiram não realizar festas, com o objetivo de evitar a disseminação do novo coronavírus. A decisão segue as orientações dadas pelo Governo do Estado, que proibiu a realização de festas em praças, parques, avenidas, pontes, orla marinha, praias e clubes.

A Prefeitura de Cajueiro da Praia informou, por meio de nota, que cumprirá as determinações do Governo do Piauí, e também a Recomendação Administrativa do Ministério Público da Comarca de Luís Correia que orientou a não autorização de festas públicas ou privadas neste fim de ano. A nota também comunica que a prefeitura que seguirá fiscalizando o cumprimento dos decretos estaduais para evitar aglomerações e garantir que as pessoas façam o uso de máscara.

Já em Parnaíba, observando todas as normas sanitárias, a cidade vai seguir com a programação de Natal, lançada terça-feira (15) pelo prefeito Mão Santa (DEM). A programação inclui lives, vinda do Papai Noel e shows em praças da cidade. Entretanto, a prefeitura não vai realizar festa de réveillon.

Em Luís Correia, um decreto municipal proíbe a realização de festas e eventos em casas de espetáculos, espaços de eventos, casas de shows, auditórios, parques, praias, clubes, balneários, hotéis e pousadas até o 31 de janeiro de 2021.

Sesapi elabora plano de ação para Réveillon no litoral

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) preparou um plano de ação voltado para o atendimento à população que vai passar o Réveillon no litoral piauiense. Desde sábado (28.11), equipes de saúde reforçam o atendimento de urgência e emergência nas cidades de Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia.

As cidades litorâneas chegam a receber uma população flutuante de cerca de 150.000 pessoas no período dos eventos, aumentando assim, o número de veículos e os riscos de acidentes, afogamentos, embriaguezes, queimaduras e insolação. A Sesapi providenciou o reforço de médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, motoristas e apoio técnico para os municípios do litoral e também para as principais praias Coqueiro, Atalaia e Barra Grande.

Em Luís Correia, as ambulâncias ficarão estacionadas em pontos estratégicos das referidas praias. Em Cajueiro da Praia, a ambulância ficará no posto de Saúde de Barra Grande. Os hospitais Dirceu Arcoverde, em Parnaíba e Nossa Senhora da Conceição, em Luís Correia, também vão contar com equipes de apoio no atendimento à população.

De acordo com o secretário Florentino Neto, o trabalho visa, acima de qualquer coisa, não causar desassistência à população. “Montamos uma estratégia de comando e controle, conforme necessidade de cada área. É fundamental garantir o atendimento de urgência à população, reforçando a quantidade de profissionais, ambulâncias com equipamentos, medicamentos e materiais médico-hospitalares essenciais para atendimento”, afirma o gestor.

Todos os hospitais regionais e estaduais já definiram as escalas de plantão durante o período de fim de ano para garantir atendimentos de urgência à população.