Araruama Réveillon 2021 no litoral fluminense : proibido tendas, carro de som, estacionar na orla do centro e queima de fogos cancelada

Araruama Réveillon no litoral fluminense - Sortimentos.com
Araruama Réveillon no litoral fluminense – Sortimentos.com

Araruama Réveillon 2021

Réveillon Araruama – Ano Novo Araruama – Virada de Ano Araruama

Araruama Réveillon 2021 no litoral fluminense

A Prefeitura de Araruama publicou na terça-feira, 29 de dezembro de 2020, o decreto 228, que trata das restrições em relação ao Réveillon 2021 no município.  A norma é válida para o dia 31 de dezembro de 2020 e leva em consideração medidas de prevenção e combate ao Coronavírus.

Confira o decreto

  • Art. 1º – Fica mantida a proibição de aglomerações;
  • Art. 2º – Fica mantido o uso obrigatório de máscara de proteção;
  • Art. 3º- Continua suspensa a tradicional queima de fogos no município de Araruama;
  • Art.º 4 – Fica determinado que os estabelecimentos e todas as atividades já autorizadas a funcionar através do Decreto Nº207 de 08 de dezembro de 2020, no dia 31 de dezembro de 2020 deverão encerrar suas atividades às 18 horas, com exceção de serviços essenciais de saúde, farmácias, supermercados e postos de gasolina;
  • Art. 5º – Fica proibida a colocação de tendas e ambulantes nas orlas do município de Araruama;
  • Art. 6º – Proibido carro de som de qualquer espécie, incluindo particular, sob pena de multa e apreensão do veículo, além do encaminhamento do condutor a delegacia.
  • Art. 7º – Proibido estacionar na orla do centro, sendo a área de estacionamento desse trecho isolada pela Guarda Civil Municipal e Defesa Civil, sendo sujeito a multa a quem desobedecer o estabelecido;
  • Art. 8º – Determino o encerramento de todas as atividades do Complexo Qualidade de Vida, Lazer e Cultura Manuel Fernades Ribeiro, bem como o fechamento dos portões às 18 horas;
  • Art. 9º – Fica suspenso qualquer evento, seja no âmbito público ou particular;
  • Art. 10º – A Guarda Civil Municipal fica responsável pelo pedido de apoio a Polícia Militar através de ofício;
  • Art. 11º – Dia 31 de dezembro de 2020 das 18 horas até às 6 horas do dia 01 de janeiro de 2021 fica proibido a permanência nas areias das orlas das praias do município de Araruama;
  • Art. 12º – Fica a Guarda Civil Municipal, Defesa Civil e Fiscalização responsáveis pelo cumprimento deste decreto. Os estabelecimentos, e ou indivíduos que descumprirem as normas estabelecidas, além das penalidades já elencadas, terão seus alvarás revogados. Em caso de resistência ao cumprimento das normas, serão encaminhados a delegacia local onde será registrado procedimento, com previsão de crimes elencados nos artigos nº268 e nº330 do Código Penal;

Araruama Réveillon 2021 no litoral fluminense : bares liberados e suspensa a realização de eventos em boate e casa de show

Decreto publicado em 9 de dezembro de 2020 pela prefeitura Municipal de Araruama renova parte das medidas anteriormente adotadas pelo decreto
nº 201/2020, bem como reconhece a necessidade de manutenção da Situação de Emergência e de Calamidade no Município de Araruama, de forma a manter a flexibilização com retorno da economia.

Mantêm-se suspensa a realização de eventos em boate e casa de show
Fica autorizado o funcionamento de bares limitando em 50% (cinquenta por cento) o atendimento ao público, com distanciamento de 2 metros entre as mesas. Encerrando suas atividades as 18horas. O estabelecimento que descumprir as determinações acima serão fechados e perderão a autorização de funcionamento durante todo o período da pandemia. A Guarda Civil Municipal ficará responsável pelo cumprimento das medidas.

Fica autorizada apresentação musical e ou artística solo (individual) apenas
por um integrante em restaurantes ou em ambientes abertos, com exceção de bares, desde que se cumpram todas as medidas de segurança e prevenção, uso de máscaras de proteção e distanciamento entre o público sem aglomeração.

Fica autorizada a frequência pela população em praias e lagoas, seguindo
o distanciamento e o uso de máscara de proteção.

Continua em funcionamento as seguintes atividades: papelarias, livrarias, lojas de utilidades, relojoarias, armarinhos, lojas de cama, mesa e banho, lojas de tecidos, lojas de utensílios, lojas de vendas de veículos e concessionárias, lojas de cosméticos e higiene pessoal, lojas
de eletrônicos e acessórios, lojas de departamentos, lojas de eletrodomésticos, lojas de móveis, lojas de roupas, lojas de calçados e congêneres; Todas autorizadas a funcionar no horário de 09h as 19h de segunda-feira a sábado

Os Supermercados, farmácias e postos de gasolina podem continuar a
funcionar no horário normal.

O funcionamento de restaurantes, sorveterias e lanchonetes, limitando o
atendimento ao público a 50% (cinquenta por cento) da sua capacidade
de lotação, com distanciamento de 2 (dois) metros entre as mesas,
podendo somente manter suas atividades até às 23h.

Com o intuito de oportunizar de forma responsável a continuidade dos
serviços de barbearia, salões de beleza e inclui-se centro de estéticas,
permanecendo autorizados o funcionamento destes atendimentos, desde que sejam respeitadas as medidas preventivas de distanciamento e número reduzido de atendimento com hora marcada, mantendo-se a restrição de 1 (um) cliente por vez no interior do estabelecimento, uso de máscaras e proibido acompanhantes.

Os templos religiosos poderão dar continuidade às suas atividades e
reuniões, mantendo-se dentro das normas estabelecidas de segurança pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e MS (Ministério da Saúde), de forma a receber apenas 50% (cinquenta por cento) de sua capacidade, com obrigatoriedade do uso de máscara de proteção, deixando um distanciamento num raio de 1 metro entre os assentos, que deverão estar demarcados, com o fim de facilitar a acomodação dos fiéis e ainda sendo obrigatório a aferição de temperatura na entrada do recinto, através de termômetro infravermelho de pulso, de modo a impedir a entrada de
pessoas em estado febril, devendo ainda orientá-las a procurar na rede pública de saúde a unidade de triagem com funcionamento 24 horas. Os templos religiosos que desrespeitarem o decreto durante todo o período da pandemia, serão fechados pela Guarda Civil Municipal.