Réveillon 2022 em Rio das Ostras teve queima de fogos na Praia do Centro, Mirante da Baleia e Emissário Submarino de Costazul

Réveillon 2022 em Rio das Ostras teve queima de fogos na Praia do Centro, Mirante da Baleia e Emissário Submarino de Costazul

O ano de 2022 foi recebido com muita alegria em Rio das Ostras. O show pirotécnico de 13 minutos aconteceu em três pontos da Cidade – Praia do Centro, Mirante da Baleia e Emissário Submarino de Costazul – e encantou o público que escolheu ir para a orla na passagem do ano.

A pesquisa de ocupação hoteleira realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo indicou que 85% dos meios de hospedagem estavam ocupados. As avenidas à beira-mar e ruas de acesso às orlas ficaram fechadas ao trânsito para garantir o tráfego de pedestres que foram ver a queima de fogos.

“Tivemos uma linda queima de fogos, muito elogiada. Foi a maneira mais bonita de receber 2022, que promete ser um ano de retomada da atividade turística e consequentemente do aquecimento da economia no Município. Nas praias, as famílias e amigos voltaram a se reunir na esperança de dias melhores”, relatou Igor Pessanha, secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Rio das Ostras.

Sem shows ou eventos em espaço público, Rio das Ostras contou com a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar para manter a ordem durante os dias do fim de ano.

Apenas um incidente foi registrado na madrugada do dia 1º de janeiro, quando a Guarda Civil Municipal em patrulhamento na orla de Costazul foi hostilizada por um grupo que infringia o Decreto Municipal 3134/2021, com carros de som. A corporação reagiu com uso de equipamentos não-letais, e conduziu sete pessoas à Delegacia para que as medidas cabíveis fossem tomadas.

“Todo ataque às forças de Segurança Pública é um ataque à sociedade será firmemente combatido, de forma rápida e contundente. Aproveito e parabenizo a atuação da nossa Guarda Civil Municipal, que, debaixo de uma chuva de garrafas, pedras e outros objetos, atuou com a firmeza necessária, agindo dentro da estrita legalidade diante da injusta agressão”, disse Marcus Rezende, secretário municipal de Segurança Pública.